Dicas de ferramentas

Não use serra mármore em madeira

Hoje nosso Blog vem com uma informação que pode salvar sua vida, Literalmente! Muita gente gosta de fazer adaptações em ferramentas. Mas, hoje vamos compreender o real motivo pelo qual não devemos usar a serra mármore para cortar madeira.

Muitos profissionais que tem experiência de manuseio da serra mármore, algumas vezes se deparam com serviços esporádicos, daqueles bem “simples”, que envolvem o ato de ter que cortar alguma madeira ali no meio da obra.

E por ser “apenas um único serviço”, tais profissionais pensam que não compensa comprar uma máquina específica para aquele tipo de trabalho com madeira, então acabam caindo na tentação de utilizar a serra mármore para efetuar cortes em madeira. Mas é aí que mora um grande perigo!

Hoje vamos te apresentar dois grandes motivos para que você nunca use serra mármore em madeira, e ainda traremos mais algumas dicas bônus para você trabalhar com segurança ao utilizar qualquer tipo de serra.

1- Número de rotações por minuto (FORÇA E PERIGO)

Quem já ouviu falar de que as serras podem travar no meio do corte e dar um tranco (“coice”) que te empurra com toda a força para trás? A força deste solavanco vai depender da força do giro da sua máquina e do tipo de material que será cortado. Nessas horas é crucial saber a diferença técnica entre as máquinas:

A serra mármore produz até 12.200 giros por minuto, uma força bruta para cortar mármore, azulejos, concreto, alvenaria e cerâmica, ou seja, matérias duros e resistentes.

Já a Serra Circular possui até 6 mil giros por minuto, por isso é projetada apenas para madeira de boa procedência sem pregos, concreto ou materiais resistentes por perto. Logo, indicada para projetistas de móveis, marcenarias e profissionais que trabalham com madeira (livre de outros materiais).

Ou seja, a força da serra mármore é maior que da serra circular. Pela serra mármore não ser projetada para madeira, corre-se o risco de ela cortar muito mais rápido e sair do controle, ou de ela travar na madeira e se jogar para cima do operador com força total.

O corte de 12.200 giros pode causar danos de leves a graves e até levar a amputação de membros. (Imagina esta força cortando sua mão, seu pé ou pior sua barriga).

2- Formatos e Acessórios diferentes (Adequadas para cada função)

As duas máquinas possuem grandes semelhança, mas são as diferenças que importam. O projeto de cada uma traz coisas específicas para que elas mantenham performance adequada e ofereçam segurança ao operador. Pois, ao contrário do que algumas pessoas pensam, é possível sim trabalhar com segurança tanto com a serra circular, quanto com a serra mármore, basta respeitar os limites e funções de cada máquina.

A Serra circular possui a aba retrátil que serve como uma proteção que cobre o disco e reduz a chance de ele se desloca durante o corte, além de servir como guia. Tanto que, quando você finaliza o corte ela vai subindo, se fechando.

Além disso, outra grande diferença está nos discos, variando o alcance, o diâmetro e o equilíbrio durante o corte. Você sabe porque na Serra circular o disco é maior? Ele tem em média 184 mm, possui dentes e ranhuras específicas que dão maior profundidade e melhor equilíbrio do disco durante corte, pois evitam a vibração na serra. Além de, jogar o pó da madeira para fora do local do corte oferecendo estabilidade.

Além disso tudo ainda existe outra variável importante que é o tipo de material de corte soldado na ponta dos dentes da serra circular, que influenciará no acabamento do material.

Já a Serra Mármore, possui um disco menor de até 115 mm, normalmente o disco não possui dentes com widea nas pontas, e não retira o excesso de pó de madeira durante o corte, e tudo isso contribui para que a serra mármore ofereça menor estabilidade no corte de madeira, e ainda faz com que ela tenha mais chances de travar do disco, devido acúmulo de serragem e instabilidade do disco na madeira.

Dicas Bônus para uso de Serras:

-Saiba a procedência da madeira ela não pode estar molhada, nem conter pregos ou concreto.

-Cuidado com pregos em madeiras desconhecidas.

-Cuidado com o próprio fio da serra, pois se tropeça o acidente pode ser gravíssimo.

-Nunca! Nunca utilize o equipamento perto de crianças ou curiosos, pois eles podem te desconcentrar e isso é acidente certo.

-Utilize equipamento de proteção individual: Avental de couro que proteja braços e barriga, luvas de couro resistente, botas, óculos (evite entrada de partículas volantes nos seus olhos)

-Pare e pense! Se o fabricante não indica é porque existe um risco real de acidente.

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Open chat